Arquivo da tag: oscar

La La Land | Novo clipe tem cena inédita

La La Land é um dos filmes mais aguardados para o Oscar 2017. Estrelado por Ryan Gosling e Emma Stone e dirigido por Damien Chazelle, vencedor do Oscar com Whiplash, ele já arrematou prêmios como Melhor Filme, pela Associação dos Críticos de Nova York, e o grande prêmio no Festival de Toronto, além de ser o mais indicado no Critics Choice Awards 2017.

Como se os trailers já não tivessem deixado todo mundo morrendo de vontade de assistir, a Lionsgate liberou um novo clipe com cenas inéditas. Confira!

Anúncios

Oscar 2016: DiCaprio e Mad Max são os nomes da noite

O Oscar 2016 foi cheio de surpresas, dá só uma conferida nas categorias e seus vencedores.

ROTEIRO ORIGINAL
Ponte dos Espiões
Ex-Machina: Instinto Artificial
Divertida Mente
Spotlight: Segredos Revelados
Straight Outta Comptom

ROTEIRO ADAPTADO
A Grande Aposta
Brooklyn
Carol
Perdido em Marte
O Quarto de Jack

ATRIZ COADJUVANTE
Jennifer Jason Leigh, Os Oito Odiados
Rooney Mara, Carol
Rachel McAdams, Spotlight
Alicia Vikander, A Garota Dinamarquesa
Kate Winslet, Steve Jobs

FIGURINO
Carol – Sandy Powell
Cinderella – Sandy Powell
A Garota Dinamarquesa – Paco Delgado
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso – Jacqueline West

DESIGN DE PRODUÇÃO
Ponte dos Espiões
A Garota Dinamarquesa
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso

MAQUIAGEM E CABELO
Mad Max: Estrada da Fúria
“The 100-Year-Old Man Who Climbed out the Window and Disappeared” (Love Larson e Eva von Bahr)
“O Regresso” (Siân Grigg, Duncan Jarman e Robert Pandini)

FOTOGRAFIA
Carol
Os 8 Odiados
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso
Sicário: Terra de Ninguém

MONTAGEM
A Grande Aposta
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso
Spotlight: Segredos Revelados
Star Wars: O Despertar da Força

EDIÇÃO DE SOM
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
Sicário: Terra de Ninguém
Star Wars: O Despertar da Força

MIXAGEM DE SOM
Ponte dos Espiões
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
Star Wars: O Despertar da Força

EFEITOS VISUAIS
Ex Machina
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
Star Wars: O Despertar da Força

CURTA DE ANIMAÇÃO
Bear Story
World of Tomorrow
Prologue
We Can’t Live Without Cosmos
Os Heróis de Sanjay

ANIMAÇÃO
Anomalisa
O Menino e o Mundo
Divertida Mente
Shaun, o Carneiro
As Memórias de Marnie

ATOR COADJUVANTE
Christian Bale, A Grande Aposta
Tom Hardy, O Regresso
Mark Ruffalo, Spotlight – Segredos Revelados
Mark Rylance, Ponte dos Espiões
Sylvester Stallone, Creed: Nascido Para Lutar

DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM
Body Team 12
Chau, beyond the Lines
Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah
A Girl in the River: The Price of Forgiveness
Last Day of Freedom

DOCUMENTÁRIO
Amy
Cartel Land
The Look of Silence
O Que Aconteceu, Miss Simone?
Winter on Fire

CURTA-METRAGEM
Ave Maria
Day One
Everything Will Be Okay (Alles Wird Gut)
Shok
Stutterer

FILME ESTRANGEIRO
O Abraço da Serpente (Colômbia)
Cinco Graças (França)
O Filho de Saul (Hungria)
Theeb (Jordânia)
A War (Dinamarca)

CANÇÃO ORIGINAL
Earned It, Cinquenta Tons de Cinza
Manta Ray, A Corrida contra a Extinção
Simple Song #3, Juventude (David Lang)
Til It Happens To You, The Hunting Ground (Diane Warren/Lady Gaga)
Writing’s On The Wall, 007 contra Spectre

TRILHA SONORA ORIGINAL
Ponte dos Espiões (Thomas Newman)
Carol (Carter Burwell)
Os Oito Odiados (Ennio Morricone)
Sicário: Terra de Ninguém (Jóhann Jóhannsson)
Star Wars: O Despertar da Força (John Williams)

DIREÇÃO
Adam McKay, A Grande Aposta
George Miller, Mad Max: Estrada da Fúria
Alejandro G. Iñarritu, O Regresso
Lenny Abrahamson, O Quarto de Jack
Tom McCarthy, Spotlight: Segredos Revelados

ATRIZ
Cate Blanchett, Carol
Brie Larson, O Quarto de Jack
Jennifer Lawrence, Joy: O Nome do Sucesso
Charlotte Rampling, 45 Anos
Saoirse Ronan, Brooklyn

ATOR
Bryan Cranston, Trumbo – Lista Negra
Leonardo DiCaprio, O Regresso
Eddie Redmayne, A Garota Dinamarquesa
Michael Fassbender, Steve Jobs
Matt Damon, Perdido em Marte

FILME
A Grande Aposta
Ponte dos Espiões
Brooklyn
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
O Quarto de Jack
Spotlight – Segredos Revelados

O Regresso

postiNão tem como falar de O Regresso e não citar a saga de Leonardo DiCaprio em busca do seu Oscar.

Leonardo DiCaprio é meu ator preferido na atualidade. Faz uns bons 5, 6 filmes que vejo ele como um sério candidato à estatueta. Nos outros anos, infelizmente não aconteceu devido a grandes atuações dos concorrentes. Mas dessa vez, acho que vai.

O Regresso é um filme épico em todos os sentidos. História intrigante, personagens profundos e motivações fortes. DiCaprio interpreta Hugh Glass, um homem traído que busca, junto com seu filho, uma vida um pouco melhor trabalhando como caçador de peles.

Este slideshow necessita de JavaScript.

É interessantíssimo de se ver uma atuação com um protagonista de poucas falas, mas que se expressa muito. Isso porque o personagem de DiCaprio fala pouco, mas mostra muito através do corpo e dos olhares. Em boa parte do filme atuando sozinho, isso é de se admirar e deixar as pessoas ainda mais envolvidas com a aventura que Glass irá encontrar pela frente.

A fotografia do filme também é um show a parte. Como você já deve ter visto por aí, Iñárritu optou captar tudo somente com luz natural, algo ousado, admirável e que com certeza contribuiu muito para o resultado. O filme é frio e transmite isso para o espectador, tanto em termos de temperatura quanto em visual.

Acho que ambos, diretor e ator, fizeram um trabalho excelente em O Regresso. Pra mim, é um filme espetacular, um dos grandes candidatos ao grande prêmio da noite e que vai, finalmente, dar o tão merecido Oscar de melhor ator ao grande Leonardo DiCaprio. Ele merece, pelo conjunto da obra e por esse novo filme.

Para terminar, O Regresso concorre também ao prêmio de roteiro adaptado já que o filme é derivado de um livro de mesmo nome, escrito por Michael Punke e publicado pela Editora Intrínseca no Brasil, de 272 páginas

Direção: Alejandro González Iñárritu
(2015)

5 Filmes do Oscar que você não viu, mas deveria

No dia 28 de fevereiro vamos descobrir os vencedores deste ano na maior premiação do cinema mundial, o Oscar 2016. Enquanto a maioria das pessoas está de olho somente nos principais indicados (as categorias Melhor Filme, Ator, Atriz e Diretor), algumas outras categorias passam quase que despercebidas, mas nos reservam grandes e gratas surpresas.

Por isso, trouxe para vocês recomendações de filmes indicados em categorias “menores”, mas que valem muito o seu investimento de tempo, por possuírem grandes histórias, trazerem uma reflexão diferente ou só por serem bons pra caramba, mesmo não se enquadrando nos prêmios de maior visibilidade. E claro, são dicas dos que eu já vi (alguém consegue ver tudo?). Vamos lá:

5 – O Menino e o Mundomenino-e-o-mundo

É o representante brasileiro no Oscar, para você que ainda está triste por Que Horas Ela Volta? não ter sido indicado. O filme concorre a melhor animação e vai ser difícil levar, já que seu grande concorrente na categoria é Divertida Mente, filme que está concorrendo inclusive a melhor roteiro.

Além de ter um traço lindo, o filme conta a história de um menino que começa a descobrir o mundo após seu pai partir em busca de um novo trabalho.

Menino_Mundo_161

9806344 – Shaun, o carneiro

Como dito acima, a vitória de Divertida Mente é praticamente certa. Mesmo assim, gosto de ver as novidades que saem e foi uma grata surpresa conhecer esse filme. A animação não tem falas, diverte você e conta uma história muito legal de amizade entre um carneiro, seus amigos e seu dono. Bacaninha mesmo!

as

Ex_Machina-368494509-large3 – Ex-Machina

Saindo apenas para o mercado de home vídeo, Ex-Machina fez sucesso no boca a boca. Muita gente comentou a qualidade do filme que acabou sendo indicado a dois prêmios: Melhor Roteiro Original e Efeitos Visuais.

A ficção científica se passa inteirinha em um centro de pesquisas, com diálogos e uma trama que prendem fácil desde o começo.

342

890542 – Sicario: Terra de Ninguém

A produção é excelente e conta com um elenco de peso, como Josh Brolin, Benicio Del Toro e Emily Blunt. Mesmo sendo do excelente diretor Denis Villeneuve, o filme talvez não tenha sido tão falado por estar concorrendo apenas nas categorias técnicas de fotografia, edição de som e trilha sonora. A história gira em torno do combate ao tráfico de drogas na fronteira entre Estados Unidos e México, onde Blunt é uma agente do FBI convocada para atuar na atividade.

34

Cinco Graças21 – Cinco Graças (Mustang)

Umas das minhas maiores e mais prazerosas surpresas deste ano. Cinco Graças é um filme meio francês meio turco, que se passa no interior do país do oriente médio, e concorre ao prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

Achei a história fascinante, assim como a cultura do país que é muito explorada na produção, já que conta a história de cinco irmãs que começam a ter seus casamentos arranjados por seu tio, algo comum na cultura por lá. Realmente muito interessante e altamente recomendado.

23

E aí, gostou das sugestões? Se você ainda não viu algum desses filmes e deu vontade de assistir, não esqueça de vir comentar aqui com a gente depois. E se tiver algum filme que você viu e acha que se encaixa nessa matéria, comente e conte pra gente! 🙂

Um grande contador de histórias

A gente consegue reconhecer um bom contador de histórias de longe. Geralmente, é aquele cara desinibido do colégio que contava a mesma piada que você, com a diferença de que todo mundo ria. Mas além desse tipo clássico, tem também aquela pessoa mais chatinha e incrivelmente letrada, que falava difícil e, por isso, acabava chamando a atenção de todo mundo (alguém lembrou da Hermione, aí?).

Forrest Gump não fazia parte de nenhum desses tipos conhecidos. Muito pelo contrário. Ele era o “idiota da cidade”, como alguns conterrâneos diziam.

forrest-gump-17333

Se você gosta de boas histórias tanto quanto eu e ainda não assistiu Forrest Gump, precisa botar um fim nesse buraco cultural o mais rápido possível. Você vai conhecer um cara diferente dos demais em vários aspectos, que por meio de sua ingenuidade conheceu e participou de muitos acontecimentos históricos mundiais, e pôde contar isso de uma forma totalmente diferente da que outras pessoas fariam.

O filme está fazendo, em 2014, 20 anos do seu lançamento e faturou em 1995, entre muitos prêmios, 6 oscars, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Ator. Aliás, a interpretação de Tom Hanks é impressionante durante todo o filme. Ele realmente conseguiu entender de forma única as limitações e características do personagem e passar tudo isso com uma leveza, tranquilidade e emoção incríveis.

Gump1

O filme foi adaptado de um livro de 1986, do autor Winston Groom, e eu confesso que não li, mas que também nunca achei necessário. Algumas coisas tem essa características: são tão boas que não precisam de mais. São o que são e se completam dessa forma.

Não preciso falar muito do quanto gosto desse filme, acho que você conseguiu perceber um pouquinho, mas quero recomendas e evitar spoilers a quem ainda não assistiu (se é que isso é possível pra um filme com 20 anos), dizendo que Forrest Gump é o tipo de história que marca nossa vida. Que faz você querer apresentá-lo para outras pessoas que ainda não viram e até assistir junto com elas, só pra conferir de perto e em primeira mão a reação pós-sessão.

Quando me lembrei que esse grande clássico estava completando duas décadas de existência, fiz questão de procurar alguém que ainda não tinha assistido. É claro que o resultado foi de surpresa.

Ele é uma surpresa mesmo. É um filme que te mostra que alguns valores não são tão importantes quanto você imagina, que outros nem deveriam existir, que “shit happens” mas que você tem que sorrir e correr sem parar, porque essas coisas ruins que acontecem só precisam que você continue para que elas fiquem de fato pra trás.

Forrest_Gump_running_alabama_jenny

Forrest Gump é uma bela história que muda todo mundo que assiste. Aliás, muda muita coisa. Até mesmo o objetivo de um blog, que era o de falar de livros, para falar de boas histórias. Esta é uma das melhores histórias que eu tive o prazer de conferir na minha vida.

Assista ou reassista já. 🙂

Forrest Gump (1994)forrest_gump_xlg
142 min. – Drama
Diretor: Robert Zemeckis
Roteiro: Eric Roth – Livro: Winston Groom
Atores: Tom Hanks, Robin Wright, Gary Sinise

Trailer aqui:

UM LIVRO PARA QUEM GOSTA DE TÍTULOS GRANDES, COMO O DESTE POST.

A Editora Rocco acabou de publicar a notícia e já fiz questão de saber mais.

Ainda neste mês, será publicado pela editora o livro Os Fantásticos Livros Voadores de Modesto Máximo, de William Joyce. Um título grande né? Mas, ao contrário do nome o livro é bem pequeno, com 56 páginas.

E você deve estar se perguntando porque eu gostei tanto da notícia, e eu dou 2 motivos. Em primeiro lugar, trata-se de um livro sobre uma paixão por livros e memórias. Em segundo, o filme que resultou da obra foi premiado simplesmente com um Oscar de melhor curta de animação. Pouca coisa, né?

A história gira em torno da paixão de Modesto Máximo (Morris Lessmore na versão original em inglês) pela vida e pelos livros. Logo quando ele está terminando de escrever suas memórias, algo terrível acontece: seus livros são levados, voando.
A partir daí, os acontecimentos do livro giram em torno de sua única ferramenta pra terminar a obra: a memória.

E isso não é ruim, porque Modesto Máximo acaba conhecendo muitos outros lugares, levado por seu interesse em retratar sua interessante vida e pelos livros, dos novos que conhece ao de sua própria autoria.

Bom, eu não sei vocês, mas esses argumentos já são suficientes para que eu fique empolgado com esse lançamento da Rocco.

Leia aqui o post da Editora Rocco sobre o lançamento do livro.

Se você gostou da resenha/post comente, compartilhe com seus amigos e e nos ajude a divulgar.
Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter para receber todas as informações sobre novos posts.