Gregor: O Guerreiro da Superfície – Suzanne Collins

Quem aí já leu Jogos Vorazes? Se sim, você deve conhecer a autora Suzanne Collins, que mostrou muito do seu talento na série.

Mas para quem viu Gregor e logo pensou que a estória seria parecida com a de Katniss, Peeta e os outros, se enganou bastante.

Já na forma de escrever a autora faz diferente, com uma escrita em terceira pessoa, e não para por aí, já que a aventura se passa em nosso mundo. Ou melhor, embaixo dele.

Gregor é um bom filho primogênito. Cuida da avó, que passa a maior parte do tempo deitada ou divagando em seus pensamentos, e faz questão de ser o irmão mais velho protetor, ajudando sua irmã Lizzie com o dever de casa e sendo a babá de Boots, a menina caçulinha de apenas 2 anos de idade.

Em mais uma de suas tarefas de casa, Gregor vai até a lavanderia do prédio para cuidar de algumas roupas e tem que levar sua irmãzinha junto para que ela não saia de perto dele. Mas é exatamente neste lugar que acontecerá o maior perigo de suas vidas, ao serem sugados pelo duto de ventilação e chegarem ao subterrâneo, cheio de animais gigantes e que falam com os humanos.

No novo mundo, que vive embaixo da cidade de Nova York, Gregor tem de cuidar da sua irmã, que é amada pelos rastejantes (como os habitantes do submundo chamam as baratas gigantes), e ainda bancar o herói, já que fica sabendo que é o guerreiro citado na profecia de Sandwich, o humano que descobriu o subterrâneo.

Agora, para voltar para casa, Gregor só tem uma escolha: ajudar os habitantes do subterrâneo a se verem livres dos ratos gigantes e salvar seu pai, desaparecido há 2 anos e que ele acaba de descobrir que está aprisionado pelos roedores.

Gregor lembra dois grandes clássicos em sua composição: Harry Potter, por descobrir um mundo ao qual pertence e influencia, e Alice, aquela do país maravilhoso, classificada pela própria Suzanne Collins como referência para a série.

Muita aventura acontece e a escrita do livro é realmente bem diferente de Jogos Vorazes, com trama mais juvenil e personagens com perfis bem mais rasos. Não há como comparar uma obra e outra da escritora. Gregor é um ótimo passatempo e consegue envolver o leitor. E você vai se apaixonar pela menininha Boots (de longe o personagem mais carismático).

Se você gostou da resenha/post comente, compartilhe com seus amigos e e nos ajude a divulgar. Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter para receber todas as informações sobre novos posts.

Anúncios

3 opiniões sobre “Gregor: O Guerreiro da Superfície – Suzanne Collins”

  1. To LOUCO p ter essa série, não li Hunger Games mas PRECISO de Gregor!!!! Só esperando uma promo com o box no submarino kkkkkkkkkk.
    Adorei sua resenha só aguçou mais ainda minha curiosidade.

    Abs

    1. Oi Amanto, tudo bem? Muito obrigado pelo comentário.

      Realmente, Gregor é bem legal e acho que você vai gostar da leitura. Mas, quando tiver a oportunidade, invista também em Hunter Games, que é simplesmente incrível a forma como a Suzanne Collins faz você grudar nas páginas.

      Não deixe de continuar acompanhando o blog e comentar.

      Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s