EM CHAMAS – SUZANNE COLLINS

ISBN: 9788579800641
Editora: Rocco
Ano de lançamento: 2011
Páginas: 416
Nota: 4/5
COMPARE PREÇOS

Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações nos distritos dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos – incluindo o próprio Peeta – acreditarem que são um casal apaixonado. A confusão na cabeça de Katniss não é menos do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos – transformados em verdadeiros ídolos nacionais – podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

 

Os Jogos Vorazes acabaram, mas a série continua com Em Chamas, o segundo livro da trilogia de autoria de Suzanne Collins. Porém, será que os jogos terminaram de verdade?

Katniss e Peeta foram os grandes vitoriosos da 74ª edição do reality show, coisa que nunca havia acontecido (duas pessoas saírem vitoriosas). Mas a forma como as coisas aconteceram fez com que a Capital entendesse o ato de Katniss como uma afronta.

Agora, uma fagulha foi acesa entre os habitantes, que vislumbram a possibilidade de organizar sua revolução e se livrar dos braços rígidos do governo. E a culpa é toda de Katniss, segundo o presidente Snow.

O final do primeiro livro deixou todo o clima político em aberto e fez com que o leitor realmente esperasse pelos acontecimentos do início de Em Chamas. E fiquei muito empolgado com o clima que circunda o primeiro livro, prendendo minha leitura na espera de cada movimento.

Suzanne Collins já deu uma grande amostra do que é capaz, quando criou um país novo, um reality novo e uma história tão envolvente. E Em Chamas consegue mostrar mais do arsenal da autora, que nos surpreende com o governo e as movimentações políticas criadas.

Enquanto fui lendo Jogos Vorazes e Em Chamas notei o quão complexo é criar um perfil de governo, mais do que de um personagem, e sustentá-lo até o final sem “forçar a barra”. Suzanne Collins fez isso com naturalidade que surpreende e emociona.

A continuação mantém a narrativa do livro anterior, cheio de viradas na história, acontecimentos importantes e impactantes, todos sempre deixados para o último parágrafo ou página com muita destreza e cuidado.

Adorei Jogos Vorazes e gostei muito de Em Chamas. Muitos dizem que não gostaram do final e eu até entendo o ponto de vista, mas acho que era inevitável para a continuação e os desdobramentos que o enredo pedia, para a conclusão em A Esperança.

Resumindo, Em Chamas é excelente, mesmo que eu ainda prefira o primeiro livro: Jogos Vorazes. E isso tem um porquê: achei os momentos que antecederam a reta final enrolados demais, meio que a autora tentando alcançar um maior número de páginas.

Enfim, só senti uma amarrada de ritmo na narrativa, antes do início dos capítulos finais. Mas, essa é uma opinião tão particular que muitos têm a preferência pelo segundo livro e eu entendo perfeitamente.

Nota quase máxima para Em Chamas e máxima para Suzanne Collins.

Se você gostou da resenha/post comente, compartilhe com seus amigos e e nos ajude a divulgar.
Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter para receber todas as informações sobre novos posts.

Anúncios

3 comentários em “EM CHAMAS – SUZANNE COLLINS”

  1. Oie!
    Eu gostei bastante de Em Chamas, mas para mim deveria acabar aqui. A Esperança está me decepcionando, um livro muito enrolado e a Suzanne viajando completamente na maionese haha
    Eu repeti a choradeira por causa da Rue com a Mags nesse livro =(

    Adorei a resenha 🙂

    Beijos!
    Tati

  2. Valeu Tati, obrigadão por sempre acompanhar.
    Esse livro tem um negócio particular pra mim com a Rue também, porque quando Katniss e Peeta encontram a família deles no Distrito 11 e ela começa a comentar sobre a Rue, foi emocionante demais.

    Valeu o comentário.

    Bjão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s