O GUIA DO MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS – DOUGLAS ADAMS

ISBN: 9788599296943
Editora: Sextante
Ano de lançamento: 2010
Páginas: 160
Nota: 3/5
COMPARE PREÇOS

Escrita por Douglas Adams, o livro conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect.
A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do mochileiro das galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.

Como já esperava do autor da série Monty Python, uma palavra descreve muito bem todas as aventuras: nonsense. Os amigos Arthur Dent, mais um humano infeliz e que busca resolver seus problemas em um copo de bar, e Ford Prefect, um alienígena disfarçado, fazem nerds e geeks no mundo todo se deliciarem em diálogos recheados de ciência, física e astronomia.

Ford está na Terra para trabalhar em pesquisa, para aprimorar o verbete de citação do planeta no manual mais maneiro e importante do universo, o Guia do Mochileiro das Galáxias. A citação limita-se apenas a dizer “Praticamente inofensiva”.

Mas, os planos de vida de ambos mudam quando Ford acaba sabendo que a Terra será destruída pelo povo Vogon, pois está impedindo a construção de uma via interplanetária. Como bom amigo, o extraterrestre salva Arthur e, juntos, embarcam em uma louca viagem pelas galáxias, pegando carona em uma das naves dos exterminadores.

A história em si é muito boa e consegue arrancar boas risadas e se configura em uma série de 5 livros, adicione aí um sexto livro, escrito por um fã e autorizado pela família do autor quando o mesmo já havia falecido. Para quem gosta dos temas, é diversão garantida, e para quem acha que entende pouco sobre todo esse conhecimento nerd, o livro consegue expressar sua ideia pra qualquer leitor.
Como peso contra, mesmo sabendo que Douglas Adams era inglês, em alguns momentos, achei algumas piadas inglesas em excesso. Considero um livro realmente fantástico quando leitores de qualquer perfil ou nação consigam entendê-lo por completo, sem fios soltos ou argumentos limitados a culturas locais.

Gostei muito do primeiro livro da série, mas não chego a considerar O Guia do Mochileiro das Galáxias uma grande obra-prima. Best Seller? Sim, ele é sem dúvidas, com seus mais de 15 milhões de cópias vendidas.

Anúncios

7 comentários em “O GUIA DO MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS – DOUGLAS ADAMS”

  1. ADOREI! A resenha x)
    Morro de vontade de ler os livros do Douglas, e não tenho nem desculpa, os livros vivem super baratos por ai. Acho que porque talvez vou achar o mesmo que você, que não é isso tudooo. Sim, que é original e um simbolo nerd não dá pra duvidar, mas sei lá, tenho impressão que não passa disso. Mesmo assim, quero muito ler e dar o veredito final haha Resenha perfeita ♥ Ainda quero ver muitas aqui, viu? haha

    Beijos
    Mi – CheiroLivros.com

  2. ADOREI a resenha, Gustavo!
    Morro de vontade de ler os livros do Douglas, e nem tenho desculpa, eles vivem com preços super baratos por ai. Mas tenho a impressão que vou me decepcionar com o livro, mesmo sem ter lido, acho que vou ter a mesma conclusão que a sua, a de que o livro não é lá essa obra prima que tanto falam. Ainda assim, quero ler e dar meu veredito final haha

    Parabéns pela resenha! E quero ver muitas aqui ainda 😀 Beijos
    Mirella – CheiroLivros.com

  3. Particularmente, daria notal integral ao livro, foi uma grande viagem ler, a ponto de passar horas a fio lendo de tanto que gostei (embora faça isso com quase todos livros, haha). Adorei a resenha, parabéns.

    ~Gabi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s